CartaExpressa,Política

PT aciona o STF contra Bolsonaro por usar a TV Brasil em live de fake news

PT aciona o STF contra Bolsonaro por usar a TV Brasil em live de fake news

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/YouTube

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/YouTube

Deputados federais do PT, sob a coordenação do líder do partido na Câmara, Bohn Gass (RS), protocolaram nesta sexta-feira 30 uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro por usar a TV Brasil para transmitir uma live na qual divulgou “mentiras, fake news, charlatanismo, ataques a adversários políticos e gravíssimo ataque institucional ao TSE”.

O partido acusa Bolsonaro de cometer os crimes de improbidade e abuso de poder econômico e político. Também argumenta que o presidente cometeu crime eleitoral, por meio de “propaganda eleitoral antecipada”. A transmissão foi ao ar na noite da última quinta-feira 29.

“Não há dúvidas de que o representado utilizou a TV BRASIL para fazer promoção pessoal, atacando o sistema eleitoral brasileiro e usando o cargo de Presidente da República para difundir infundada opinião pessoal sobre suposta fraude nas urnas eletrônicas, com o nítido propósito de fazer promoção pessoal com vistas ao processo eleitoral do ano de 2022″, diz trecho da notícia-crime.

O PT ainda sustenta que o presidente “tem plena consciência da inverdade de suas afirmações, sendo que, no caso dessa acusação de fraude, (…) o suposto crime é atribuído ao próprio TSE, podendo-se concluir que o crime é atribuído, ainda de que forma genérica, aos ministros e a servidores do órgão”.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem