CartaExpressa

Policiais temem recuo de Bolsonaro sobre reajuste para a categoria: ‘Vai ser mais uma traição’

O ex-capitão admitiu a chance de os agentes não terem reajuste neste ano

Photo by EVARISTO SA / AFP)
Photo by EVARISTO SA / AFP)
Apoie Siga-nos no

Policiais federais, policiais rodoviários federais e líderes de associações que representam a categoria demonstram preocupação com um possível recuo do presidente Jair Bolsonaro em relação aos reajustes salariais prometidos aos agentes. No sábado 8, o presidente disse que é possível que nenhuma categoria tenha reajuste neste ano.

“As falas do fim de semana são muito preocupantes. Caso o presidente recue, vai ser mais uma traição, um golpe na nossa carreira”, disse o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais e um dos líderes da União de Policiais do Brasil, Dovercino Neto, em entrevista ao Estado de S. Paulo.

“O futuro da PRF, caso não seja reestruturada, é incerto”, completou.

Ao jornal, lideranças que representam a categoria disseram aguardar o dia 21 de janeiro, prazo máximo para que o Executivo sinalize sobre a sanção do Orçamento.

Caso os agentes não sejam contemplados, é possível um cenário de mobilizações públicas, críticas ao governo federal e “diminuição no empenho” dos policiais.

Uma determinação do Supremo Tribunal Federal proíbe que integrantes das forças de segurança promovam greves. Estão incluídos na decisão policiais civis, policiais federais, policiais rodoviários federais, policiais ferroviários federais, bombeiros e policiais militares.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.