CartaExpressa,Política

PoderData: Governo Bolsonaro é reprovado por 58% dos brasileiros

PoderData: Governo Bolsonaro é reprovado por 58% dos brasileiros

Esta é a primeira vez em quatro meses que os números indicam alguma melhora na avaliação do presidente e sua equipe

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro chegou a 58% na mais recente pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira 14 pelo site Poder360. O volume representa uma leve melhora na avaliação negativa da atual gestão se comparado com o levantamento anterior, quando a reprovação era de 63%.

A leve melhora também pode ser vista na parcela que avalia positivamente o atual governo, que passou de 31% a 33%, variação dentro da margem de erro de dois pontos percentuais.

A percepção popular do trabalho individual de Bolsonaro também foi medida pelo PoderData. Ao todo, 53% dos brasileiros disseram considerar a atuação do presidente como ‘ruim’ ou ‘péssima’. O volume é cinco pontos percentuais menor do que na pesquisa anterior.

Já quem avalia o trabalho do ex-capitão como ‘ótimo’ ou ‘bom’ soma 29%, superando os 25% da última pesquisa. A opção ‘regular’ foi marcada por 18% dos entrevistados, um aumento de três pontos percentuais.

Esta é a primeira vez em quatro meses que os números indicam alguma melhora na avaliação do presidente e sua equipe.

Mulheres e jovens entre 16 e 24 anos seguem como os grupos que mais desaprovam a atual gestão, com 62% e 80% de reprovação, respectivamente. Entre os homens, a aprovação do governo Bolsonaro é de 41%. A atual gestão também se sai melhor nas camadas de 24 a 44 anos e maiores de 60, quando é avaliado positivamente por 38% e 37%, respectivamente.

Ao todo, foram realizadas 2.500 entrevistas entre os dias 11 e 13 de setembro em todas as unidades da Federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem