CartaExpressa,Política

Pazuello prestará depoimento presencial à CPI em 19 de maio

Pazuello prestará depoimento presencial à CPI em 19 de maio

Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

A CPI da Covid remarcou para 19 de maio o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuzello. A oitiva estava marcada originalmente para esta quarta-feira 5, mas o general alegou ter contato com dois servidores que testaram positivo para a doença.

Outra opção, não aceita pelos senadores, seria ouvir Pazuello por videoconferência. O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), no entanto, sugeriu adiar o depoimento presencial por quinze dias e foi seguido pelos colegas.

 

 

Mais cedo, Aziz já havia afirmado que todos os depoentes convocados deveriam prestar explicações presencialmente, não de forma remota.

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), argumentou que Pazuello poderia dar uma “demonstração de boa vontade” e realizar um teste para comprovar se foi infectado.

Assista à sessão desta terça com o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta:

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem