CartaExpressa

Paraná Pesquisas indica Tarcísio com 15 pontos de vantagem sobre Haddad em São Paulo

Brancos e nulos são 5,7%, enquanto 5,2% não sabem ou não responderam

Equívoco. Haddad poupou críticas a Tarcísio Freitas no primeiro turno e acabou ultrapassado pelo bolsonarista - Imagem: Suamy Beydoun/Agif/AFP
Apoie Siga-nos no

Um levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta sexta-feira 28 aponta o candidato do Republicanos, Tarcísio de Freitas, mais de 15 pontos à frente do petista Fernando Haddad no segundo turno da eleição para o governo de São Paulo.

O bolsonarista aparece com 52,2% das intenções de voto, ante 36,9% do postulante do PT. Brancos e nulos são 5,7%, enquanto 5,2% não sabem ou não responderam.

Nos votos válidos, a desconsiderar brancos, nulos e indecisos, Tarcísio vai a 58,6% e Haddad registra 41,4%.

Segundo a pesquisa, 52,7% dos eleitores paulistas não votariam em Haddad de jeito nenhum. O índice de Tarcísio é de 37,4%.

O instituto entrevistou pessoalmente 1.810 eleitores de 78 municípios de São Paulo entre 23 e 27 de outubro. A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais, considerando um nível de confiança de 95%. O registro no Tribunal Superior Eleitoral é SP-03568/2022.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar