CartaExpressa

Papa Francisco defende vacinação: ‘É um ato de amor’

Papa Francisco defende vacinação: ‘É um ato de amor’

O pontífice publicou um vídeo dedicado à América Latina em que defende a confiança nos imunizantes contra a Covid-19

O Papa Francisco. Foto: AFP

O Papa Francisco. Foto: AFP

O papa Francisco defendeu nesta quarta-feira 18 a importância das vacinas para conter o avanço da Covid-19 na América Latina. O vídeo publicado pelo pontífice faz parte de uma campanha mundial para aumentar a confiança nos imunizantes.

“Garantir que a maioria das pessoas seja vacinada é um ato de amor. Amor por si mesmo, amor pela família e amigos, amor por todas as pessoas”, afirmou o líder religioso.

A mensagem faz parte da campanha ‘Depende de Você’ (It’s up to You), da ONG Ad Council, em prol da vacinação mundial. Gravaram mensagens outros líderes da igreja católica, como o cardeal brasileiro Cláudio Hummes, o presidente dos bispos dos EUA, mexicano José Horacio Gómez, Carlos Aguiar Retes, arcebispo do México, Rosa Chávez, cardeal de El Salvador,  Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga, de Honduras, e dom Miguel Cabrejos Vidarte, do Peru.

No vídeo, além de pedir que todos se vacinem, Francisco celebra ter se unido à iniciativa e reforça a importância de ampliar o acesso aos imunizantes para conter a pandemia.

“Com espírito fraterno, uno-me a esta mensagem de esperança por um futuro mais luminoso. Graças a Deus e ao trabalho de muitos, hoje temos vacinas para nos proteger da Covid-19. Elas dão a esperança de acabar com a pandemia, mas somente se elas estiverem disponíveis para todos e se colaborarmos uns com os outros”, destaca.

O papa conclui que a vacinação é uma forma simples de ‘promover o bem comum e de cuidar uns dos outros, especialmente dos mais vulneráveis’.

Confira o vídeo:

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem