CartaExpressa

OMS aprova uso emergencial da Coronavac

OMS aprova uso emergencial da Coronavac

O imunizante fará parte do consórcio Covax

A vacina Coronavac. Foto: Nelson Almeida/AFP

A vacina Coronavac. Foto: Nelson Almeida/AFP

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, nesta terça-feira 1, o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac.

A partir de agora, o imunizante, que no Brasil é produzido pelo Instituto  Butantan, fará parte do consórcio Covax e será distribuído a outros países.

Muitos países utilizam as listas da OMS para aprovar medicamentos e vacinas. Com isso,  brasileiros que receberam a Coronavac poderão entrar em países que estudam abrir as fronteiras para vacinados com imunizastes aprovados pela OMS.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Post Tags
Compartilhar postagem