CartaExpressa

‘O importante é saber quanto ganharam com a cloroquina’

‘O importante é saber quanto ganharam com a cloroquina’

'Essa questão não é uma coisa inocente, um fetiche, não é ideologia', afirma Humberto Costa

Foto: Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Foto: Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que é importante que a CPI da Covid descubra quanto empresários do setor farmacêutico lucraram com a produção de cloroquina.

Nesta quinta-feira 10, o jornal O Globo revelou que a Comissão obteve um telegrama secreto do Ministério das Relações Exteriores que mostra que o presidente Jair Bolsonaro atuou para favorecer dois laboratórios privados que fabricam o medicamento.

Em abril de 2020, Bolsonaro telefonou ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e solicitou que o país acelerasse a exportação de insumos para a fabricação do fármaco.

O telegrama transcreve o telefonema no qual o presidente cita nominalmente as empresas EMS e Apsen.

“O problema é que essa questão da cloroquina não é uma coisa inocente, um fetiche, não é ideologia. Tem muita gente que ganhou dinheiro nessas empresas. O mais importante é saber o quanto esses empresários ganharam”, disse Costa em conversa com CartaCapital.

Nesta semana, o vice-presidente da Comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), quer convocar o presidente do laboratório Apsen, Renato Spallicci, para depor.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital.

Compartilhar postagem