CartaExpressa,Saúde

Nicolelis: este pode ser o pior mês de março da história do Brasil

Nicolelis: este pode ser o pior mês de março da história do Brasil

De acordo com levantamento da Fiocruz, a taxa de ocupação de leitos está acima de 80% em 18 estados e no Distrito Federal

O médico e neurocientista Miguel Nicolelis

O médico e neurocientista Miguel Nicolelis

O momento mais dramático da pandemia no Brasil pode resultar no pior mês de março da história. A avaliação é do  médico, neurocientista e professor catedrático da Universidade de Duke (EUA) Miguel Nicolelis.

“Esse provavelmente pode ser o pior mês de março da história do Brasil, em termos de perdas de vidas de brasileiros e brasileiras, com a possibilidade de um colapso nacional de todo o sistema de saúde brasileiro”, afirmou Nicolelis em entrevista à TV Globo.

Atualmente, de acordo com levantamento da Fiocruz, a taxa de ocupação de leitos está acima de 80% em 18 estados e no Distrito Federal.

Pela primeira vez, Santa Catarina decidiu transferir pacientes com Covid-19 para outros estados – um já chegou ao Espírito Santo. Ao todo, 15 pacientes serão levados para hospitais de Vitória.

 

 

Na última quarta-feira 3,  o Brasil registrou 1.910  mortes por Covid-19 em 24 horas. Com os números, o total de óbitos provocados pela doença desde o início da pandemia chegou a 259.271.

Entre terça e quarta, o País também confirmou 71.704 novos casos, levando o total oficial de infecções a 10.718.630.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem