CartaExpressa,Política

‘Não sabia. Fui atropelado por um trem’, diz o general Ramos sobre saída da Casa Civil

‘Não sabia. Fui atropelado por um trem’, diz o general Ramos sobre saída da Casa Civil

Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Casa Civil. Foto: Marcos Corrêa/PR

Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Casa Civil. Foto: Marcos Corrêa/PR

O general Luiz Eduardo Ramos, que tende a ser retirado da Casa Civil para dar lugar ao senador Ciro Nogueira (PP-PI), se disse surpreso com a mudança nesta quarta-feira 21.

“Eu não sabia, estou em choque. Fui atropelado por um trem, mas passo bem”, afirmou o militar à colunista Eliane Cantanhêde, do jornal O Estado de S.Paulo.

Ramos diz ter sido comunicado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quarta, mas não confirmou sua ida à Secretaria-Geral da Presidência, atualmente ocupada por Onyx Lorenzoni – que, por sua vez, deve ser deslocado para o ‘novo’ Ministério do Trabalho.

“O presidente é ele, eu sou soldado, cumpro missão. Aprendi, em 47 anos de vida militar, que soldado não escolhe missão. Se ele me der outra no governo, eu aceito”, acrescentou o general ao veículo.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem