CartaExpressa,Política

Na Jovem Pan, Salles chama Moro de comunista e é contestado ao vivo

Na Jovem Pan, Salles chama Moro de comunista e é contestado ao vivo

Ex-ministro do Meio Ambiente e atual comentarista da Jovem Pan, Ricardo Salles, virou motivo de risos durante o programa

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou ao vivo na TV Jovem Pan que seu ex-colega de governo, Sergio Moro (Podemos), seria de ‘esquerda’ e ‘comunista’. O comentário foi contestado na hora por outros bolsonaristas integrantes do programa, que riram ao vivo do ex-ministro.

“A política de Sergio Moro é a política da dissimulação, da traição. O cara aceitou ser político, ser ministro do governo Bolsonaro sabendo que ele não tinha nada a ver com o governo. Ele é de esquerda, ele é contra as armas, a favor de drogas. O Moro é comunista”, disse Salles.

A afirmação foi contestada na hora pelos colegas de programa, que interromperam o comentário de Salles sob risos.

“Não é comunista. Aí não, Salles. Me ajuda a te ajudar”, disse o bolsonarista Adrilles Jorge.

“O Moro é centro-esquerda”, tentou remendar a comentarista Zoe Martinez.

Por fim, Salles decretou: “É centro-esquerda. O Moro é um tucano”.

Joel Pinheiro e Paulo Mathias gargalharam enquanto o ex-ministro tentava se corrigir.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem