CartaExpressa

MP denuncia ex-vereador Jairinho por estupro de ex-namorada

MP denuncia ex-vereador Jairinho por estupro de ex-namorada

Créditos: EBC

Créditos: EBC

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o ex-vereador Dr. Jairinho por estupro, lesão corporal leve e grave dano à saúde emocional.

As denúncias recaem sobre um relacionamento mantido por Jairinho com uma ex-namorada de 2014 a 2020.

Em documento enviado à Justiça, o Ministério Público aponta que o então parlamentar teria estuprado a vítima em outubro de 2015; em dezembro de 2016, a mulher voltou a ser agredida física e verbalmente, o que ocasionou a fratura de um dos dedos de seu pé.

Já em 2020, durante uma viagem do casal a Mangaratiba, no litoral do Rio de Janeiro, Jairinho teria voltado a agredir a ex-namorada após uma crise de ciúmes motivada por comentários em redes sociais.

Segundo o MP, a vítima passou a sofrer de ansiedade em funções das recorrentes violências sofridas pelo namorado.

Dr. Jairinho encontra-se preso preventivamente após  ter se tornado réu, juntamente com Monique Medeiros, pela morte do enteado Henry Borel, morto no dia 8 de março, aos 4 anos. Embora a mãe e o ex-vereador neguem a participação no crime, a Polícia entendeu que a criança era submetida a uma rotina de violências. Jairinho também teve seu mandato cassado.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem