CartaExpressa

Movimentos negros de São Paulo lançam manifesto em apoio a Boulos e Erundina

Texto ainda critica ‘aliança macabra entre Covas e [João] Doria’

Entidades do movimento negro publicaram um manifesto em defesa da candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina (PSOL) à Prefeitura de São Paulo contra o prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB). O texto é intitulado “SP antirracista com Boulos 50”.

“Neste segundo turno das eleições municipais em São Paulo, temos em Boulos e Erundina a possibilidade de virar o jogo e eleger uma gestão municipal comprometida com a vida do povo negro, que estabeleça como prioridade o enfrentamento ao racismo em suas mais diferentes expressões e intersecções. Para tanto, Boulos e Erundina devem caminhar lado a lado com os movimentos negros e periféricos, e reconhecer o movimento negro de São Paulo como força política consistente que é”, dizem as entidades.

“É muito importante a criação de canais de diálogo, participação e construção real e por dentro, do próximo governo. A população negra organizada deve compor a gestão dos serviços públicos e da máquina pública a partir de pessoas negras orgânicas desses movimentos e suas pautas e reivindicações devem ser acolhidas”, prossegue o texto.

O manifesto, que critica a ‘aliança macabra entre Covas e [João] Doria’, foi assinado por Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs), Educação e Cidadania para Afrodescendentes e Carentes (EDUCAFRO), Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN), Movimento Negro Unificado (MNU), QUILOMBAQUE, UNEAFRO BRASIL e União de Negros pela Igualdade (UNEGRO).

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!