CartaExpressa

Mortes após chuvas em Pernambuco passam de 50; municípios declaram situação de emergência

Segundo a Defesa Civil, também passam de 50 as pessoas desaparecidas

Trabalho de resgate no Recide (PE) em 29 de maio de 2022. Foto: Brenda Alcântara/AFP
Trabalho de resgate no Recide (PE) em 29 de maio de 2022. Foto: Brenda Alcântara/AFP
Apoie Siga-nos no

O número de mortes em decorrência das chuvas torrenciais que atingem há dias a Região Metropolitana do Recife (PE) subiu para 56, de acordo com o mais recente balanço da Defesa Civil, divulgado na tarde deste domingo 29.

Segundo o comunicado, 56 pessoas seguem desaparecidas. A nota informa ainda que há 3.957 desabrigados.

O governo de Pernambuco confirmou que nove municípios decretaram situação de emergência: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Moreno e Cabo de Santo Agostinho, São José da Coroa Grande, Nazaré da Mata, Macaparana e São Vicente Ferrer.

Na manhã deste domingo, o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, afirmou que “embora tenha parado de chover agora, a gente está com chuvas fortes previstas para os próximos dias”. E acrescentou: “Então, a primeira coisa é manter as medidas de autoproteção.”

Ferreira está no Recife acompanhado dos ministros Carlos Brito (Turismo), Ronaldo Bento (Cidadania) e Marcelo Queiroga (Saúde).

Pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro disse que viajará à capital pernambucana na manhã desta segunda-feira 30.

Neste domingo, a busca por pessoas desaparecidas nos deslizamentos de barreiras mobiliza bombeiros, Exército e moradores do Grande Recife. No Jardim Monte Verde, ao menos 20 pessoas morreram soterradas.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.