CartaExpressa

Morre o ex-presidente da Alerj Jorge Picciani

Morre o ex-presidente da Alerj Jorge Picciani

Morre o ex-presidente da Alerj, Jorge Picciani. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Morre o ex-presidente da Alerj, Jorge Picciani. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Morreu nesta sexta-feira 14 o ex-deputado estadual Jorge Picciani, de 66 anos. O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro  fazia um tratamento de câncer e estava internado em São Paulo.

Picciani iniciou sua carreira política como deputado estadual em 1990, primeiro mandato dos seis em que foi eleito.

O parlamentar passou por todos os cargos importantes do Legislativo, até se eleger, por quatro mandatos consecutivos, presidente da Alerj (2003-2010). Em 2015, após ficar quatro anos afastado, voltou a ocupar o cargo.

Em 2010, Picciani disputou uma cadeira do Senado. Obteve 3.048.034 de votos e, por uma pequena diferença do segundo colocado (0,8%), não atingiu seu objetivo.

Entre 2011 e 2014, se dedicou à vida empresarial e presidiu o MDB-RJ.

Picciani foi alvo de duas grandes operações contra a corrupção na Alerj. Em novembro de 2017, a Operação Cadeia Velha prendeu o então presidente da Casa, além dos deputados Paulo Mello e Edson Albertassi.

Um ano depois, já em prisão domiciliar, Picciani e outros nove parlamentares foram alvo da Furna da Onça, sobre o recebimento de propinas mensais de até 100 mil reais e de cargos para votar de acordo com o interesse do governo.

O atual presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), já ofereceu a Casa para o velório.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Post Tags
Compartilhar postagem