CartaExpressa,Sociedade

Morre o ator Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da Covid-19

Morre o ator Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da Covid-19

Créditos: Reprodução / Instagram

Créditos: Reprodução / Instagram

Morreu nesta terça-feira 4, aos 42 anos, o ator Paulo Gustavo, por complicações da Covid-19. O ator estava internado desde o dia 13 de março e intubado desde o último dia 22.

No domingo 2, o quadro do ator passou a ser considerado gravíssimo, após o reconhecimento de uma fístula, uma abertura entre o pulmão e a veia que possibilitou a entrada de ar em sua corrente sanguínea e causou uma embolia pulmonar, com impactos no sistema nervoso central.

O boletim médico que anunciou a piora no quadro clínico do ator na segunda-feira 3 apontava que “depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. Ontem à tarde (domingo), após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido”.

O documento completou: “À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”.

O ator e também criador de ‘Minha Mãe É Uma Peça’ era casado com Thales Bretas, dermatologista, e pai dos gêmeos, Romeu e Gael, de um ano.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem