CartaExpressa

Moraes determina que PF ouça suspeita de ser informante de Allan dos Santos no STF

A jovem trabalhou no gabinete do ministro Ricardo Lewandowski de 2017 a 22019. Pedido se dá no âmbito do inquérito das fake news

O ministro Alexandre de Moraes, em sessão. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
O ministro Alexandre de Moraes, em sessão. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Apoie Siga-nos no

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta quarta-feira 6 que a Polícia Federal ouça uma estagiária que trabalhou no gabinete do também ministro Ricardo Lewandowski por suspeitar que ela possa ter sido informante do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos.

O jornal Folha de S.Paulo revelou trocas de mensagens entre os dois em que Allan pedia à estudante Tatiana Garcia Bressan que atuasse como informante dele na Suprema Corte, ao que ela teria respondido ‘ser uma honra’. Os diálogos constam na investigação da Polícia Federal. A funcionária atuou no gabinete de 19 de julho de 2017 a 20 de janeiro de 2019.

As trocas de mensagens foram adquiridas no âmbito do inquérito das fake news via quebra de sigilo telefônico do blogueiro, que é um dos investigados. As conversas começaram em 23 de outubro de 2018 e vão até 31 de março de 2020.

 

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.