CartaExpressa

Malafaia inclui Dubai no roteiro de excursão cristã a lugares por ‘onde Jesus passou’

Evento foi criticado e virou piada porque não há registros bíblicos que Jesus esteve em Dubai. A caravana passará também por Israel

Silas Malafaia e Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR O presidente Jair Bolsonaro ao lado do pastor Silas Malafaia (Foto: Isac Nóbrega / PR)
Silas Malafaia e Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR O presidente Jair Bolsonaro ao lado do pastor Silas Malafaia (Foto: Isac Nóbrega / PR)

Um convite para uma caravana religiosa vendida pelo pastor bolsonarista Silas Malafaia pelas redes sociais chamou a atenção pelo ‘revisionismo bíblico’ feito pelo religioso

No anúncio, divulgado nesta sexta-feira 19, o líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo questiona os fiéis se eles ‘sonham em conhecer cidades que a Bíblia cita e os locais por onde Jesus passou’. Em seguida, oferece o pacote para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O lugar, porém, nunca foi mencionado no livro sagrado do cristianismo.

Israel, o outro destino da caravana vendida por Malafaia, é de fato um roteiro comum aos religiosos e considerado um local sagrado pelos cristãos. A ida à luxuosa Dubai, no entanto, faz pouco sentido.

É justamente Dubai que levou internautas a questionarem e fazerem piada com a publicação, que ainda segue no ar, sem maiores explicações do pastor.

“A passagem por Dubai foi uma das mais bonitas da Bíblia. Quando Jesus jantou romanticamente com Madalena no Nurs-Et Steakhouse com o chef Salt Bae colocando sal na carne de Jesus”, respondeu ironicamente um dos internautas a Silas em referência a um dos mais caros restaurantes da região.

“Dubai, uma cidade artificial criada umas décadas atrás num plano urbanístico voluptuoso dos Emirados Árabes, a milhares de quilômetros da região da Palestina e Egito (onde se passam as narrativas de Jesus nesses textos) e o cara vem meter essa de ‘locais onde Jesus passou’”, questionou outro perfil.

“Pastor, em Dubai tem a Torre de Babel, mas invejosos dirão que é o Burj Khalifa”, brincou um internauta, em referência ao famoso arranha-céu erguido na cidade.

Guga Chacra, comentarista da GloboNews, também questionou publicamente Malafaia.

“Oi Silas, Jesus passou por Dubai? Não era melhor ser uma viagem por Israel e Palestina, incluindo Jerusalém, Nazaré e Belém? Se fossem passagens bíblicas, não seria melhor incluir Líbano, Síria e Egito? Mas Dubai? Isso é novidade. Burj Khalifa em vez da Igreja da Natividade”, questionou o comentarista nas redes sociais.

Nas redes, outros perfis lembraram que quem esteve em Dubai recentemente foi outro ‘Messias’, em alusão a passagem de Jair Messias Bolsonaro pela cidade na última semana. “Deve ser isso”, explicou em tom de piada um internauta.

 

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!