CartaExpressa

Maia: Projeto da terceira via deve viabilizar candidatura no lugar de Bolsonaro

Para ex-presidente da Câmara dos Deputados, é muito difícil tirar a vaga de Lula

 FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia reconheceu que o candidato da chamada terceira via disputará uma vaga no segundo turno da eleição de 2022 com o presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o hoje secretário estadual de Projetos e Ações Estratégicas do estado de São Paulo disse que vê boas perspectivas para o governador João Doria (PSDB) na disputa.

Para ele, o peso eleitoral de São Paulo e a projeção nacional que o tucano ganhou com a viabilização da vacina Coronavac contra a Covid-19 são bons ativos para a campanha.

“Na política nacional, a terceira via passa por São Paulo, por questões históricas, do PSDB e de densidade eleitoral. O projeto nacional de viabilizar uma candidatura no lugar de Jair Bolsonaro — já que é muito difícil tirar o ex-presidente Lula —, passa por uma união de forças e pelo maior colégio eleitoral do Brasil, onde tem mais eleitores do nosso campo ideológico, que não estão com Bolsonaro”, afirmou o deputado.

“O Sul é bolsonarista, Centro-Oeste é bolsonarista, Nordeste é lulista, os pobres do Sudeste são Lula e os setores médios estão órfãos. Esse eleitorado é mais forte em São Paulo”, analisou.

De acordo com Maia, “Bolsonaro vem ficando cada vez mais fraco e as bancadas na Câmara — e este é um problema para a construção da terceira via—, estão desconectadas da direção nacional dos partidos”.

“É a primeira vez que vejo divergência desse porte. É um dos motivos que vão atrasar a consolidação de um nome da terceira via”, aponta.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.