CartaExpressa,Política

Maia: ‘Não vou deferir impeachment’

Maia: ‘Não vou deferir impeachment’

Presidente da Câmara frustra a oposição ao não cumprir 'ameaça' feita no domingo 31

O presidente da Cãmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Cãmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou nesta segunda-feira 1 a possibilidade de aceitar um dos mais de sessenta pedidos de impedimento contra o presidente Jair Bolsonaro.

“Não vou deferir impeachment“, garantiu Maia ao blog de Andréia Sadi, do G1.

No domingo 31, após reunião com representantes do DEM e de partidos de oposição ao governo, o ainda presidente da Casa aventou a chance de dar andamento a um dos pedidos.

A ameaça foi feita após o DEM decidir abandonar o bloco de Baleia Rossi (MDB-SP), candidato defendido por Maia e que se vê cada vez mais distante da vitória contra Arthur Lira (PP-AL), apoiado por Bolsonaro e favorito a vencer o pleito.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem