CartaExpressa

Lula elogia Renan por trabalho na CPI da Covid e defende ‘colocar Pazuello na cadeia’

O ex-ministro da Saúde se elegeu deputado federal pelo PL do Rio de Janeiro

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Palácio do Planalto, discursou em Maceió (AL) nesta quinta-feira 13 ao lado do senador Renan Calheiros (MDB-AL), do senador eleito Renan Filho (MDB-AL) e do governador afastado Paulo Dantas (MDB-AL), candidato à reeleição.

Lula elogiou Renan por sua atuação como relator da CPI da Covid, em 2021. Também defendeu “colocar na cadeia” o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, deputado federal eleito pelo PL do Rio de Janeiro.

O relatório da comissão recomendou o indiciamento de Pazuello pelos seguintes crimes: epidemia com resultado morte, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação e comunicação falsa de crime, além de crimes contra a humanidade.

“Renan, o trabalho que você fez na CPI é uma obra-prima que vai ficar na história. E através daquele relatório a gente vai colocar o Pazuello na cadeia”, afirmou Lula nesta quinta.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.