CartaExpressa

Lotação de UTIs no interior de SP atinge pior momento da pandemia

Ao todo, são 5.206 pessoas estão internadas nos leitos de terapia intensiva

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A lotação das UTIs no interior de São Paulo chega ao pior momento desde o início da pandemia da Covid-19. Ao todo, 5.206 pessoas estão internadas nos leitos de terapia intensiva da região. Os dados estão disponíveis na plataforma Info Tracker, da Unesp.

Em todo o estado, 11.161 pacientes com Covid-19 estavam nas UTIs disponíveis.

Das 15 regiões do interior monitoradas, somente Taubaté e Araçatuba estão abaixo dos 80% de ocupação de leitos de UTI, com 79,9% e 76,3%, segundo a plataforma. A pior região é São João do Boa Vista com 95,8%, seguida por Marília, com 95,2%, e Barretos 95%.

Já na Grande São Paulo, o índice segue alto, mas estável pouco abaixo dos 80%. A região com a menor taxa de ocupação de UTIs monitorada pela Info Traker é a da Baixada Santista com 64%.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!