CartaExpressa,Política,Saúde

Líder do governo vai pressionar a Anvisa para aprovar vacinas

Líder do governo vai pressionar a Anvisa para aprovar vacinas

O que eu apresentar para enquadrar a agencia passa aqui (na Câmara) feito um rojão, diz Ricardo Barros

Ricardo Barros (Foto: Alan Santos/PR)

Ricardo Barros (Foto: Alan Santos/PR)

O líder do governo do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (Progressistas-PR), afirmou nesta quinta-feira 4 que vai pressionar politicamente e ameaça “enquadrar” a diretoria da Anvisa para que se agilize a aprovação de vacinas contra o coronavírus.

“Estou trabalhando. Eu opero com formação de maioria. O que eu apresentar para enquadrar a Anvisa passa aqui (na Câmara) feito um rojão”, disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

“Eu vou tomar providências, vou agir contra a falta de percepção da Anvisa sobre o momento de emergência que nós vivemos. O problema não está na Saúde, está na Anvisa. Nós vamos enquadrar”, acrescentou.

Até agora, a agência deu aval emergencial a duas vacinas para aplicação no Brasil, a Coronavac e a AstraZeneca/Oxford.

O governo quer destravar o registro da Sputnik V, de origem russa, apelidada por governistas como “vacina do Bolsonaro”.

 

(Com informações do Estadão Conteúdo)

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem