CartaExpressa,Justiça

Kassio Nunes pede vista no julgamento de Moro no STF

Kassio Nunes pede vista no julgamento de Moro no STF

Manobra adiará a conclusão da análise do habeas corpus apresentado pela defesa de Lula

Kassio Nunes vota contra a Lava Jato em estreia no STF. Foto: Fellipe Sampaio/ STF.

Kassio Nunes vota contra a Lava Jato em estreia no STF. Foto: Fellipe Sampaio/ STF.

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, pediu vista nesta terça-feira 9 e adiará a conclusão do julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro. Com a manobra do ministro, não há data para que a análise seja retomada.

“Nunca acessei esse processo, nunca tive sequer a curiosidade. Até tentei alinhar o voto diante do que vi, principalmente do que foi trazido aos autos. Mas o tempo foi extremamente curto para um membro da Corte que jamais participou do processo e que não tinha absolutamente nenhum conhecimento sobre ele”, disse Kassio Nunes.

O ministro Ricardo Lewandowski, no entanto, decidiu proferir o seu voto.

O processo já havia sido iniciado em 2018, mas Gilmar Mendes pediu vista, adiando a votação. O placar, no momento, é de dois votos contra a suspeição de Moro (proferidos por Cármen Lúcia e Edson Fachin) e um a favor (proferido por Gilmar).

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem