CartaExpressa,Política

Kassab diz que Pacheco deve se lançar à Presidência e representará o ‘centro’

Kassab diz que Pacheco deve se lançar à Presidência e representará o ‘centro’

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Foto: Marcos Brandão/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Foto: Marcos Brandão/Agência Senado

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, afirmou nesta terça-feira 27 que há uma tendência de que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MDB-MG), seja candidato a presidente da República em 2022. A se confirmar o cenário, diz Kassab, a chapa encabeçada pelo senador representará “o centro”.

“A candidatura Pacheco avança bem no centro e na centro-direita e tem uma boa relação com a centro-esquerda, além de ser respeitado pelos extremos do espectro ideológico”, disse Kassab em entrevista à CNN Brasil. “Ele tem o perfil de que o Brasil precisa para nos presidir pelos próximos quatro anos. Alguém que possa trazer a paz, que seja preparado, que seja da boa política e que tenha talento para a política e a gestão”.

O comandante do PSD também analisou as recentes mudanças promovidas por Jair Bolsonaro em ministérios, em especial a nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI), um dos principais líderes do Centrão, para a Casa Civil.

Segundo Kassab, a presença do Centrão no coração do governo não melhora a imagem da gestão Bolsonaro, mas pode ser uma questão de sobrevivência.

“As posturas do presidente ultimamente têm contribuído para o seu desgaste. O que essas mudanças têm como consequência imediata é a consolidação da base no Congresso, dificultando mais ainda o impeachment“, completou.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem