CartaExpressa

Juíza proíbe Record de fazer “propaganda subliminar” a favor de Crivella

Apuração do MP mostra ‘fato grave que merece imediata reprimenda estatal’, afirma magistrada

Apoie Siga-nos no

A juíza eleitoral Luciana Mocco Moreira Lima proibiu, em decisão tomada na segunda-feira 5, a TV Record de fazer “propaganda subliminar” para o prefeito do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos).

“Não restam dúvidas [de] que a documentação acostada pelo Ministério Público comprova fato grave que merece imediata reprimenda estatal. A atitude da emissora Record e de seus funcionários com mensagens de exposição do número de campanha já utilizado pelo prefeito Marcelo Crivella, pessoa conhecida e candidato à reeleição, com a finalidade de firmá-los no inconsciente do eleitor, afronta a legislação eleitoral (…)”, afirmou a magistrada, cuja decisão foi revelada pela revista Época.

Luciana Lima determinou que os apresentadores da Record se abstenham de, ainda que por meio de gestos, promover propaganda sobre o número 10 – do Republicanos – sob pena de incorrerem em crime de desobediência. Ela estabeleceu o prazo de 48 horas para Crivella se manifestar.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.