CartaExpressa

Inelegível, Bolsonaro escolherá o candidato do PL em 2026, diz Valdemar

O presidente do partido afirmou que não ‘passará por cima’ do ex-capitão

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto. Foto: Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, tentou nesta quarta-feira 31 minimizar a inelegibilidade de Jair Bolsonaro (PL), condenado em 2023 pelo Tribunal Superior Eleitoral a oito anos longe das urnas.

Ao flertar com uma improvável recuperação dos direitos políticos do ex-capitão até 2026, Valdemar afirmou em entrevista à GloboNews que Lula (PT) “estava preso, foi candidato e ganhou”.

Segundo o presidente do PL, porém, Bolsonaro escolherá o candidato do PL à Presidência mesmo que esteja inelegível, por “ter os votos”.

“Eu tenho muito poder, mas para passar por cima do Bolsonaro? Eu não faço isso nunca”, completou.

Em outubro do ano passado, o TSE condenou Bolsonaro por abuso de poder nas cerimônias do 7 de Setembro de 2022. Em junho, a Corte já havia declarado a inelegibilidade do ex-presidente no caso da reunião com embaixadores em que ele disseminou mentiras sobre o sistema eleitoral e atacou instituições.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.