CartaExpressa,Política

Gravação evidencia crime de responsabilidade de Bolsonaro, avalia Kakay: ‘Grave conspiração’

Gravação evidencia crime de responsabilidade de Bolsonaro, avalia Kakay: ‘Grave conspiração’

'Impossível imaginar algo mais grave', afirmou o criminalista a CartaCapital

Jorge Kajuru e Jair Bolsonaro. Fotos: Roque Sá/Agência Senado e Evaristo Sá/AFP

Jorge Kajuru e Jair Bolsonaro. Fotos: Roque Sá/Agência Senado e Evaristo Sá/AFP

A gravação realizada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) confirma mais um crime de responsabilidade cometido pelo presidente Jair Bolsonaro, já que há uma evidente e grave conspiração contra o livre exercício do Poder Judiciário.

A avaliação foi feita a CartaCapital pelo advogado criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

Primeiro, aponta o especialista, Bolsonaro articula com o senador “a mudança do objeto específico da CPI” que investigará a omissão do governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus.

Para Kakay, a “conspiração contra o Judiciário” se dá quando o presidente e o senador combinam um pedido de abertura de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal. “Você tem de fazer do limão uma limonada. Tem de peticionar o Supremo para colocar em pauta o impeachment (de ministros) também”, disse Bolsonaro a Kajuru.

“Impossível imaginar algo mais grave, já que os participantes confirmaram que a conversa é mesmo [entre] o Senador da República e o Presidente da República. A investigação se impõe, pois o crime de responsabilidade parece evidente, para a garantia da estabilidade democrática”, analisa Kakay.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: leomiazzo

Compartilhar postagem