CartaExpressa

Governador do Amazonas não comparece à CPI da Covid

Governador do Amazonas não comparece à CPI da Covid

Anuncio foi feito por advogado após o STF autorizar Wilson Lima a não ir à Comissão Parlamentar de Inquérito

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Foto: Reprodução/Facebook

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Foto: Reprodução/Facebook

O governador do Amazonas, Wilson Lima, vai exercer seu direito obtido na noite de quarta-feira 9 no Supremo Tribunal Federal e não vai comparecer à CPI da Covid nesta quinta-feira 10. A informação foi confirmada pelo advogado Nabor Bulhões à CNNBrasil.

“A convocação teve motivação política. Transformar a sessão de oitiva dele em cerimônia de exposição e degradação”, justificou o advogado à emissora.

De acordo com Bulhões, no lugar do depoimento, Lima irá encaminhar um ofício aos senadores da CPI “comunicando que exercerá sua faculdade de não comparecer à CPI porque foi ilegalmente convocado (não convidado) para ser ouvido sobre matérias estranhas ao âmbito da competência das CPI”.

Ontem, a ministra Rosa Weber decidiu a favor do governador e lembrou que, por ser alvo de investigações que apuram o desvio de verbas públicas na pandemia o governador amazonense deve ter o direito de não produzir provas contra si.

“Evidencia-se inequivocamente a sua condição de acusado no contexto de investigações que apuram o desvio e má aplicação de verbas públicas federais no âmbito da execução das políticas de saúde para o enfrentamento da Pandemia decorrente da Covid-19”, diz um trecho da decisão.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem