CartaExpressa,Política

Freixo diz que Eduardo Bolsonaro ‘brinca de ser sheik’ e o 03 reage

Freixo diz que Eduardo Bolsonaro ‘brinca de ser sheik’ e o 03 reage

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ) usou as redes sociais para criticar o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pela viagem a Dubai. Para Freixo, o filho do presidente Jair Bolsonaro “brinca de ser sheik, enquanto 19 milhões de pessoas passam fome no Brasil”.

O ’03’ também usou as redes, nesta segunda-feira 18, para atacar o parlamentar do PSB. “Sabe por que brasileiros estão passando fome? Porque você apoiou o ‘fique em casa a economia, a gente vê depois’ enquanto aglomerava na praia de Ilha Grande com os amiguinhos sem máscara, hipócrita”, escreveu.

A tréplica de Freixo veio horas depois: “Tome vergonha na cara, pare de brincar de sheik e vá trabalhar, Bananinha. Entendo que você queira passear enquanto ainda está em liberdade, mas quem está pagando essa conta não é seu papai não, é o povo brasileiro”.

Ao responder a um crítico na postagem, Eduardo Bolsonaro ainda declarou que “o problema é que vocês são mais cagados do que pau de galinheiro e vem querer falar de mim por eu gastar meu salário”.

“Onde vcs estavam qnd nosso dinheiro do BNDES foi enviado para Venezuela, Cuba e Nicarágua, baita negocião bão p Brasil, né? Jumento…”, finalizou.

A esposa de Eduardo, Heloísa Bolsonaro, saiu em defesa do marido. “A esquerda tá doida com esse sheik hein kkkkkkk vocês tão demais”, escreveu a um seguidor. Em outro post, disse que os ex-presidentes Lula e Dilma “e tantos outros que debocham do povo brasileiro”.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem