Freixo anuncia que vai para o PSB e pede apoio de Ciro a Lula

'As pesquisas mostram que não há espaço, neste momento, para duas candidaturas do mesmo campo', afirmou o pré-candidato ao governo do Rio

Reprodução Redes sociais

O deputado federal Marcelo Freixo, que anunciou nesta sexta-feira 11 a sua ida para o PSB, afirmou que espera o apoio de Ciro Gomes (PDT) ao ex-presidente Lula (PT) nas eleições de 2022.

Em entrevista à revista Veja, o pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro disse que saiu do PSOL porque “no PSB terei a chance de fazer uma aliança mais ampla, com partidos progressistas e de centro, para enfrentar o grupo político que faliu o Rio e entranhou a corrupção no estado”.

À revista, Freixo comentou o cenário para as próximas eleições nacionais.

“Não. Agora, a volta do Lula ao tabuleiro eleitoral mexeu com o cenário, inclusive nos estados. No Rio, o PT de imediato abriu mão de lançar um candidato e indicou apoio a uma grande aliança. O PSB, o PCdoB e o PSOL idem. Com o PDT estamos conversando, mas ainda depende do que acontecerá com a candidatura do Ciro Gomes à Presidência”, afirmou.

“Ciro é uma pessoa muito bem preparada e com quem tenho boa relação. Mas as pesquisas mostram que não há espaço, neste momento, para duas candidaturas do mesmo campo. Espero que até a véspera da eleição amadureça a necessidade de união e isso mude”, acrescentou.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!