CartaExpressa

Flávio e Eduardo Bolsonaro não aprovaram nenhum projeto de lei em 2021

Ao todo, senador e deputado apresentaram 6 textos, mas nenhum foi sequer votado; desempenho lembra perfil do pai quando era deputado

Eduardo, Jair e Flávio Bolsonaro (Foto: Reprodução/Twitter)
Eduardo, Jair e Flávio Bolsonaro (Foto: Reprodução/Twitter)
Apoie Siga-nos no

Os dois filhos do presidente Jair Bolsonaro que atuam no Congresso Nacional, Flávio e Eduardo Bolsonaro, não aprovaram nenhum projeto de lei em 2021. Juntos, o ‘zero um’ e o ‘zero três’ apresentaram seis textos, mas nenhum foi sequer votado. A informação é do colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo deste domingo 23.

Dos dois, o senador Flávio foi o mais ‘ativo’, apresentando cinco PL no Congresso. Eduardo, por sua vez, apresentou apenas um texto para alterar regras de vigilância epidemiológica e vacinação no Brasil, protegendo antivacinas.

O desempenho pífio dos dois parlamentares lembra a fama do pai, atual presidente Jair Bolsonaro. Ocupando uma cadeira no Legislativo por cerca de 30 anos, Bolsonaro aprovou apenas dois projetos, tendo apresentado 171 textos. O desempenho irrelevante vem sendo repetido por sua prole.

Na matéria do jornal, há ainda um levantamento de gastos dos dois parlamentares, que juntos somam quase 500 mil reais. Neste quesito, o deputado Eduardo Bolsonaro é o mais ‘produtivo’, tendo gasto cerca de 360 mil reais do montante. Flávio, por sua vez, gastou 114 mil.

Em 2022, Flávio será o ‘número um’ na coordenação da campanha presidencial de Jair Bolsonaro, o que provavelmente fará seu desempenho parlamentar cair ainda mais. Eduardo, por sua vez, deve buscar manter sua cadeira na Câmara.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.