CartaExpressa

Flávio admite ‘derrota’ na escolha do novo partido para Bolsonaro

‘Não seria o que queríamos inicialmente’, confirma o filho do presidente

O presidente Jair Bolsonaro, entre o filho Flávio e o presidente do Patriota, Adilson Barroso. Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro, entre o filho Flávio e o presidente do Patriota, Adilson Barroso. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, admitiu a ‘derrota’ na tentativa de filiação do pai ao Patriota e confirmou que a família avalia três alternativas: PP, PL e Republicanos.

Em entrevista ao jornal O Globo nesta terça-feira 13, ele confirmou que a ida de Bolsonaro ao Patriota está cada vez mais distante, já que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afastou Adilson Barroso, presidente da legenda que mudou o estatuto para facilitar a chegada do ‘clã’.

“Estamos avaliando alternativas como PP, PL e Republicanos. Não seria o que queríamos inicialmente, que era o presidente ter um partido para chamar de seu. Mas, por outro lado, tem a vantagem de já estar em um partido maior, com mais tempo de televisão e fundo partidário, para disputar a eleição. A decisão está com o presidente”, afirmou.

As alternativas de Bolsonaro podem ser lidas como uma ‘derrota’ já que seu nome não é unanimidade nos diretórios estaduais de PP e PL, que acenam a Lula e outros nomes da esquerda em alguns estados.

Ao que tudo indica, caso Bolsonaro opte pelo Republicanos, Flávio também acertaria a ida ao partido. O senador era filiado ao partido até semanas atrás, quando acertou com o Patriota. O retorno sinalizaria que sua tentativa de ‘manobra política’ não foi bem-sucedida.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.