CartaExpressa

Fiocruz recebe lote de matéria-prima para produção da vacina Oxford

Fiocruz recebe lote de matéria-prima para produção da vacina Oxford

Créditos: Reprodução / TV Globo

Créditos: Reprodução / TV Globo

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu no início da noite do sábado 6 o primeiro lote de matéria-prima para a produção da vacina Oxford/AstraZeneca. A expectativa é que os 90 litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) gerem 2,8 milhões de doses de vacina. A previsão inicial da produção era de 7,5 milhões de doses.

O avião contendo o material pousou no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

 

 

 

Até o fim de fevereiro, a Fiocruz espera receber mais lotes da matéria-prima, o suficiente para a produção de 15 milhões de doses ao todo.

A primeira remessa deveria ter chegado ao Brasil em janeiro, mas houve atraso na liberação do produto o que, na visão de especialistas, pode ter sido consequência da relação diplomática entre o Brasil e a China. O governo federal nega a versão e atribui a demora a procedimentos de exportação e liberação na alfândega.

A vacina de Oxford contra a Covid-19 tem a capacidade de reduzir em até 67,6% a transmissão do novo coronavírus, apontaram cientistas da universidade em um estudo preliminar divulgado na terça-feira.

A pesquisa está em fase de revisão por outros cientistas para ser publicada na revista “The Lancet”, uma das mais importantes do mundo.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem