CartaExpressa,Política

FHC cobra posição do PSDB, teme decadência e defende Luciano Huck

FHC cobra posição do PSDB, teme decadência e defende Luciano Huck

Para ex-presidente, 'está chegando a hora' do apresentador da TV Globo entrar na política

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que o PSDB deveria ter sido “mais claramente de oposição” na eleição para presidente da Câmara dos Deputados.

“Em política, ou você tem posição clara ou fica difícil, as coisas ficam escorregadias”, disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Para ele, o partido “precisa tomar rumo e ter uma palavra afirmativa forte”.

“Os partidos têm seus ciclos. Espero que o PSDB não esteja em seu ciclo descendente. Mas, se estiver, pobre do PSDB”, acrescentou.

Na conversa, FHC ainda disse que “está chegando a hora” de Luciano Huck entrar na política.

“O Luciano tem uma vantagem, ele é conhecido popularmente. Ele é conhecido como uma pessoa que sabe falar com o povo, mas não como líder político. Ele tem de se apresentar como líder político”.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem