CartaExpressa,Política

FHC admite: o PSDB está sem rumo, sem saber bem o que fazer

FHC admite: o PSDB está sem rumo, sem saber bem o que fazer

Ex-presidente cobra posições do partido para chegar com chances na eleição presidencial de 2022

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso admitiu que o seu partido, o PSDB, “está um pouco sem rumo” e “sem saber o que fazer”. As declarações foram dadas no último domingo 7, em entrevista ao Poder em Foco, programa do SBT.

Para o tucano,  chegou a hora da sigla tomar algumas posições, de olho na eleição presidencial de 2022.

“Neste momento, eu tenho a sensação de que o PSDB está um pouco sem rumo, sem saber bem o que fazer. E isso é ruim. Reflete um momento de indecisão muito grave da política brasileira e o povo não entende essa linguagem de negaceio. É sim ou é não, não tem muito jeito como escapar disso”, disse.

“Quem vier a ser candidato, de qualquer partido, se quiser ganhar, tem que jogar com clareza: sou a favor disso, sou contra aquilo. Não pode ser meio tempo. Água com açúcar não funciona na eleição”, acrescentou.

De acordo com o ex-presidente,  “na eleição tem que haver enfrentamento e posições mais claras”.

“Tem um sentido que é verdadeiro, o PSDB quer ser racional e portanto pondera. Isso eu não acho negativo. Tem o outro que é onde ele se esconde. Não toma posição clara. Tá na hora de tomar uma posição, não dá para ficar encolhido. Encolhido não leva a nada”, afirmou.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem