CartaExpressa

Facebook foca no ‘metaverso’ e se chamará Meta

‘Chegou a hora de pegarmos tudo o que aprendemos e ajudarmos a construir o próximo capítulo’, disse Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook. Foto: Bertrand Guay/AFP
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook. Foto: Bertrand Guay/AFP
Apoie Siga-nos no

O diretor-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta quinta-feira (28) que o nome da empresa-mãe mudará para Meta, para representar um futuro para além das atribulações enfrentadas pela gigante rede social.

“Aprendemos muito ao enfrentar questões sociais e viver em plataformas fechadas, agora chegou a hora de pegarmos tudo o que aprendemos e ajudarmos a construir o próximo capítulo”, disse Zuckerberg durante uma conferência anual de desenvolvedores.

“Nossos aplicativos e suas marcas não vão mudar”, acrescentou.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.