CartaExpressa

Entrevista de Lula ao Podpah supera 3,4 milhões de views e 310 mil menções, diz FGV

Na entrevista, Lula afirmou processará Sergio Moro e integrantes da força-tarefa da Lava Jato

LULA E OS INFLUENCIADORES IGOR CAVALARI, O ‘IGÃO’, E THIAGO MARQUES, ‘O MÍTICO’. FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
LULA E OS INFLUENCIADORES IGOR CAVALARI, O ‘IGÃO’, E THIAGO MARQUES, ‘O MÍTICO’. FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Apoie Siga-nos no

A entrevista que o ex-presidente Lula (PT) concedeu ao podcast Podpah na última quinta-feira 2 gerou mais de 310 menções no Twitter e 3,4 milhões de visualizações no YouTube, de acordo com monitoramento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas.

O pico, diz a Dapp/FGV, foi de 280 mil views simultâneos no YouTube. No Twitter, o ápice das menções ao petista chegou a 50 mil por hora. Os dados, coletados entre as 11h da quinta 2 e as 11h desta sexta 3, foram divulgados pelo jornal Folha de S.Paulo.

“Os números mostram que se o Lula conseguir construir uma articulação forte e um manejo inteligente das redes sociais, ele tem capacidade de interlocução e impacto muito grande”, disse ao jornal Marco Ruediger, diretor da Dapp/FGV. “E isso é muito interessante, porque até agora quem hegemonizou o espaço das redes tem sido sempre a direita no Brasil, principalmente de 2018 para cá.”

Na entrevista, Lula afirmou que “em algum momento” processará Sergio Moro (Podemos) e integrantes da força-tarefa da Lava Jato por ter sido preso “injustamente”.

“Eu ainda vou pensar bem, mas em algum momento eu vou processar. Nem que seja um tataraneto a ganhar um processo meu contra essa sacanagem que fizeram comigo”, declarou.

O ex-presidente também avaliou a vitória de Jair Bolsonaro em 2018 como uma “anomalia política” e reconheceu que o PT “errou muita coisa”, afirmando na sequência que o rapper Mano Brown acertou ao dizer, em 2018, que o “partido se afastou da base” em determinado momento.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.