CartaExpressa

Enfermeira de São Paulo recebe a primeira dose da Coronavac

Enfermeira de São Paulo recebe a primeira dose da Coronavac

Reprodução/CNN Brasil

Reprodução/CNN Brasil

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, que há oito meses trabalha na linha de frente do combate ao novo coronavírus no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, recebeu na tarde deste domingo 17 a primeira dose da Coronavac. É a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no País.

A aplicação do imunizante aconteceu no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em cerimônia que contou com a participação do governador João Doria.

Após a enfermeira receber a vacina, Doria entregou a ela um selo com a mensagem ‘Estou vacinado pelo Butantan’ e uma pulseira com a inscrição ‘Eu me vacinei’.

A vacinação aconteceu minutos depois de a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovar, por unanimidade, o uso emergencial da Coronavac e da vacina de Oxford.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem