CartaExpressa

Em Roma, Bolsonaro diz que não tem culpa pela crise econômica: ‘Não influenciei negativamente’

Mais uma vez, tentou responsabilizar prefeitos e governadores: ‘Não fechei nada no Brasil’

Foto: Alan Santos/PR
Foto: Alan Santos/PR
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro disse a jornalistas neste sábado 30, após discursar na cúpula do G20, em Roma, que não tem qualquer responsabilidade pela crise econômica no Brasil. Mais uma vez, o ex-capitão tentou culpar prefeitos e governadores que recorreram a medidas de distanciamento social para frear a pandemia.

Bolsonaro também se dirigiu ao ‘mercado’, em meio à discussão sobre a flexibilização do teto de gastos para acomodar o Auxílio Brasil, programa que acaba com o Bolsa Família e é visto como primordial para a campanha do presidente em 2022.

“Não queremos causar nenhum furor no mercado. O mercado tem de entender que se o Brasil for mal, ele vai se dar mal também. Estamos no mesmo time. O mercado, toda vez nervosinho, atrapalha em tudo o Brasil”, disse Bolsonaro, pouco antes de retomar a ofensiva contra estados e municípios.

“Me criticaram agora há pouco dizendo que eu empobreci. Eu não influenciei negativamente na economia. Não fechei nada no Brasil. Sempre disse que tínhamos de nos preocupar com o vírus e com o desemprego”, acrescentou. “Fiz a minha parte e apanhei muito de grande parte da mídia.”

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.