CartaExpressa,Política

Em dia de Ciro Nogueira, Bolsonaro cita ‘ministério técnico’ e diz que Brasil será País ‘de 1º mundo’

Em dia de Ciro Nogueira, Bolsonaro cita ‘ministério técnico’ e diz que Brasil será País ‘de 1º mundo’

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

No dia em que o senador Ciro Nogueira (PP-PI), um dos líderes do Centrão, aceitou o convite de Jair Bolsonaro para chefiar a Casa Civil, o presidente voltou a mencionar a formação de ministérios baseada “em questões técnicas”. Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Bolsonaro também afirmou que foi eleito em 2018 para “fazer algo para melhor”.

“Tive a oportunidade ímpar, como chefe do Executivo, de escolher o nosso ministério, baseado em questões técnicas, pouco políticas. Mas era o que poderíamos e tínhamos que fazer naquele momento. Compusemos um time de ministros nunca visto. Abandonamos um pouco a questão política, mas vimos que era necessário, cada vez mais, buscar o apoio e o entendimento do Parlamento”, declarou Bolsonaro nesta terça-feira 27. “Fomos nos moldando, mas desde o início aquela bandeira nós pusemos em prática: o efetivo combate à corrupção”.

Ele ainda repetiu que seu governo teria completado “dois anos e meio sem uma mácula sequer sobre corrupção” e que demonstrou “como poderíamos mudar o Brasil”.

“Acredito no povo brasileiro, em todos vocês aqui presentes, que faremos mais que diferente, faremos aquilo que todos esperavam para o Brasil: um País próspero, um País livre e um País de 1º mundo”, completou.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem