CartaExpressa,Política

Doria chama Bolsonaro de ‘genocida’ em discussão com Carla Zambelli

Doria chama Bolsonaro de ‘genocida’ em discussão com Carla Zambelli

'Bolsonaro não fez toque de recolher e também não destruiu empregos', dizia a deputada antes de Doria manifestar-se

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), interrompeu o discurso da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) em uma inauguração de unidades habitacionais no Itaim Paulista para afirmar que o presidente Jair Bolsonaro “destruiu vidas” e era um “genocida”.

“Bolsonaro não fechou comércios. Bolsonaro não decretou lockdown. Bolsonaro não fez toque de recolher e também não destruiu empregos”, dizia Zambelli, quando Doria exclamou por diversas vezes, sentado, que o presidente seria um genocida. O governador foi aplaudido, e depois a parlamentar disse que aquela era uma situação “deselegante”.

 

Depois, Zambelli afirmou que a atitude era esperada de quem já a mandou “engraxar bota de militar”. Zambelli afirmou que engraxa com “muito orgulho” a bota do marido, o coronel da Polícia Militar do Ceará e comandante da Força Nacional, Antônio Aginaldo de Oliveira.

Foram entregues 413 apartamentos em dois residenciais diferentes.  O projeto é fruto de parceria firmada entre a Secretaria de Estado da Habitação, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Prefeitura de São Paulo.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem