CartaExpressa,Política

Diageo, Mastercard e Ambev desistem de expor suas marcas na Copa América

Diageo, Mastercard e Ambev desistem de expor suas marcas na Copa América

Foto: Divulgação/Conmebol

Foto: Divulgação/Conmebol

A Diageo, empresa responsável pela fabricação de bebidas como Johnnie Walker e Smirnoff, comunicou nesta quinta-feira 10 que não exibirá suas marcas na Copa América 2021, que será realizada no Brasil a partir deste domingo 13.

Antes, a Mastercard e a Ambev haviam anunciado a desistência de expor suas marcas no evento.

“Os termos do patrocínio foram acertados quando o evento estava previsto para ser realizado na Colômbia e Argentina. A Diageo reitera seu compromisso com a sociedade observando os protocolos de segurança e ações institucionais que contribuam para a mitigação da pandemia”, diz a nota da Diageo.

A Mastercard decidiu não ativar ações de promoção da marca no Brasil em meio à realização da Copa América. Ou seja, a empresa permanece como patrocinadora do torneio, mas não deve executar ações relacionadas a ele.

O caso da Ambev é semelhante. A empresa continuará com o patrocínio acertado com a Confederação Sul-Americana de Futebol, mas desistiu de expor as marcas na competição.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem