CartaExpressa

‘Deu pouca gente porque PF está prendendo muita maconha’, diz Bolsonaro sobre manifestações

‘Deu pouca gente porque PF está prendendo muita maconha’, diz Bolsonaro sobre manifestações

Mais de 200 cidades foram palco de atos contra o presidente e sua política na pandemia

Presiente Jair Bolsonaro faz piada com protestos. Foto: PR/AFP.

Presiente Jair Bolsonaro faz piada com protestos. Foto: PR/AFP.

O presidente Jair Bolsonaro ironizou na manhã desta segunda-feira 31 os protestos que ocorreram no sábado contra o seu governo.

“Sabe porque tem pouca gente nessa manifestação da esquerda agora no fim de semana? Porque a PF está prendendo muita maconha pelo Brasil. Faltou erva para o movimento”, disse Bolsonaro a seus apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Foi a primeira vez que o presidente comentou os atos que pediram o impeachment.

Os apoiadores do presidente tentaram emplacar nas redes sociais e em aplicativos de mensagens a ideia de que imagens da manifestação de sábado, com milhares de pessoas na avenida Paulista, em São Paulo, seriam de atos de 2016, quando a militância pró-governo Dilma Rousseff (PT) foi às ruas contra o afastamento da petista.

Atos em defesa do impeachment de Bolsonaro, da vacinação e da retomada do auxílio emergencial de 600 reais foram registrados em mais de 200 cidades no País e no exterior, na maior manifestação contra o governo desde o início da pandemia.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem