CartaExpressa,Política

‘Declarações de Bolsonaro contra vacina não atrapalham campanha de imunização’, diz Queiroga

‘Declarações de Bolsonaro contra vacina não atrapalham campanha de imunização’, diz Queiroga

O ministro da Saúde é testemunha na CPI da Covid no Senado Federal

O presidente Jair Bolsonaro, junto ao 
 novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro, junto ao novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Foto: Divulgação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quinta-feira 6, em depoimento na CPI da Covid, que as declarações do presidente Jair Bolsonaro contra as vacinas não atrapalham a campanha de imunização no Brasil.

“Estamos implementando uma campanha de vacinação que está sendo bem sucedida. Não posso fazer um juízo de valor em cima do presidente. Ele tem apoiado a campanha, eu só posso falar isso para o senhor”, respondeu o ministro.

Queiroga foi questionado pelo relator da CPI, o senador  Renan Calheiros (MDB-AL). O mdbista lembrou algumas polêmicas de Bolsonaro como ‘virar jacaré’, ‘vachina’ e que no Brasil não ia ser obrigatório a vacinação.

Queiroga tem evitado entrar em conflito com o governo federal. Em seu depoimento, por diversos momentos, o ministro se recusou a responder perguntas do relator e tem causado tumulto na CPI.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem