CartaExpressa

Dados sugerem que segunda onda de Covid-19 chegou antes do fim da primeira

Dados sugerem que segunda onda de Covid-19 chegou antes do fim da primeira

Nota técnica da UFRJ pede ação rápida contra pandemia e cita medidas como fechamento de praias, cancelamento de eventos e lockdown

Créditos: EBC

Créditos: EBC

Em nota técnica divulgada pelo Grupo de Trabalho para Enfrentamento da Covid-19, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), cientistas pedem ação rápida contra a pandemia e citam medidas como “fechamento de praias”, “cancelamento de eventos” e “lockdown”.

No documento, as autoridades afirmam que a rede de saúde precisa ser remobilizada e propõe o fechamento de tudo o que não seja essencial para fazer girar a economia, como shows e praias.

Os dados, de acordo com a nota, “sugerem que há uma nova onda se sobrepondo à primeira, fato que torna o problema ainda mais grave e complexo, principalmente em virtude de aglomerações desnecessárias e declarações públicas de autoridades governamentais afirmando que não retrocederão nas medidas de flexibilização”.

Leia a íntegra do documento no arquivo abaixo.

Nota-tecnica

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem