CartaExpressa

Conselho de Ética da Câmara abre processo para apurar deboche de Eduardo Bolsonaro contra Miriam Leitão

Caso o conselho dê aval ao seu prosseguimento, o processo pode levar à suspensão ou cassação do mandato do filho do presidente

Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados abriu, nesta quarta-feira 4, um processo para apurar a conduta do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) ao comentar, em tom de deboche, o fato de a jornalista Miriam Leitão ter sido torturada durante a ditadura.

No início de abril, o deputado reagiu a uma publicação feita pela jornalista na qual apontava Jair Bolsonaro como ‘inimigo confesso da democracia’. Em sua resposta, Eduardo Bolsonaro escreveu: “Ainda com pena da cobra”, associação que foi feita com o uso de um emoji do animal.

Miriam Leitão foi presa e torturada pelo governo militar durante a ditadura. A jornalista estava grávida. Em uma das sessões de tortura, foi deixada nua em uma sala escura com uma cobra.

Após a publicação, os partidos PCdoB, Rede, PSOL e PT moveram representações no Conselho de Ética, pedidos que deram origem a instauração do processo nesta quarta. Caso o conselho dê aval ao seu prosseguimento, após avaliação de parecer do relator, o processo pode levar à suspensão ou cassação do mandato do parlamentar.

 

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.