CartaExpressa

Concurso Nacional Unificado: governo divulga novo cronograma e amplia locais de prova

Edital para o primeiro concurso unificado da esfera federal será lançado no dia 10 de janeiro

A ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos anunciou, nesta quinta-feira 14, o novo cronograma do Concurso Público Nacional Unificado. Será o primeiro concurso unificado da esfera federal, envolvendo vinte e um órgãos.

Por meio de um acordo entre o Ministério e a Cesgranrio, realizadora do concurso, o edital será divulgado no próximo dia 10 de janeiro. As inscrições para o certamente acontecerão entre 19 de janeiro e 9 de fevereiro. A prova deverá ser realizada no dia 5 de maio.

De acordo com a Ministra da Gestão e Inovação, Esther Dweck, o novo cronograma atende a uma demanda dos candidatos. “Recebemos muitas solicitações pelas redes sociais de que as pessoas tivessem mais tempo para estudar”, disse Dweck. 

Com as novas regras, a prova será realizada em um número significativo de cidades. Segundo o informe do Ministério, o exame será aplicado em 217 municípios do país. 

Além das demais cidades que já constavam anteriormente, o Concurso Público Nacional Unificado será realizado, também, nos municípios de Ananindeua (PA), Aparecida de Goiânia (GO), Várzea Grande (MT), Camaçari (BA), Lauro de Freitas (BA), Caucaia (CE), Maracanaú (CE), Jaboatão dos Guararapes (PE), Olinda (PE), Parnamirim (RN), São José dos Pinhais (PR), Farroupilha (RS), São José (SC), Serra Velha (ES), Vila Velha (ES), Betim (MG), Contagem (MG), Belford Roxo (RJ), Duque de Caxias (RJ), Niterói (RJ), Nova Iguaçu (RJ), São Gonçalo (RJ), São João de Meriti (RJ), Caçapava (SP), Guarulhos (AP). Hortolândia (SP), Jacareí (SP). Mauá (SP), Mogi das Cruzes (SP). Osasco (SP), Paulínia (SP), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP), Taboão da Serra (SP), Valinhos (SP) e Vinhedo (SP).

O concurso pretende agilizar a contratação de servidores diante da perda de 73 mil deles ao longo dos últimos seis anos.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar