CartaExpressa,Política

‘Coloquei o dedo em duas feridas: a corrupção do governo Lula e a incompetência da Dilma’, diz Ciro

‘Coloquei o dedo em duas feridas: a corrupção do governo Lula e a incompetência da Dilma’, diz Ciro

O pedetista disse que a reação às suas declarações 'traz em uma bochecha o medo, na outra a arrogância e nos olhos muita hipocrisia'

O ex-ministro Ciro Gomes. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O ex-ministro Ciro Gomes. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) reafirmou, nesta quinta-feira 14, as críticas e os ataques que fez ao PT , ao ex-presidente Lula e à ex-presidente Dilma Rousseff na última quarta-feira 13.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o pedetista disse que a reação às suas declarações “traz em uma bochecha o medo, na outra a arrogância e nos olhos muita hipocrisia”.

Na gravação, Ciro ainda atribuiu as respostas de integrantes do PT ao fato dele ter colocado “o dedo em duas feridas” do partido.

“Eu coloquei o dedo em duas feridas: a corrupção do governo Lula e a incompetência do governo Dilma. Duas pragas que o PT semeou porque repetiu o mesmo modelo econômico, o mesmo tipo de governança, a mesma cumplicidade com corruptos profissionais, o mesmo recrutamento de técnicos incompetentes e poucos criativos de governos anteriores”, apontou o pré-candidato.

“Bastou uma leve cutucada para que os fanfarrões tremessem na base revelando o quão inseguros estão em relação ao presente e ao futuro”, acrescentou.

Ciro voltou a dizer que Lula foi um dos maiores responsáveis pela queda de Dilma. Sobre a ex-presidente, o pedetista afirmou que foi atacado por ela e deu o troco.

Veja o vídeo completo:

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: Alisson_Matos

Compartilhar postagem