CartaExpressa

Cessar-fogo entre Israel e Hamas poderia acontecer amanhã, diz Biden

Presidente dos EUA pede que Hamas libere reféns

O presidente americano, Joe Biden. REUTERS - Elizabeth Frantz
Apoie Siga-nos no

Para o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, um cessar-fogo na guerra entre Israel e o Hamas poderia acontecer amanhã.

“Haveria um cessar-fogo amanhã se o Hamas libertasse os reféns”, disse o presidente norte-americano.

A declaração foi dada neste sábado 11, em um evento de angariação de fundos em Seattle.

As propostas de um cessar-fogo no conflito iniciado em outubro do ano passado vêm ganhando força nos últimos dias. 

Nesta semana, o Hamas emitiu um comunicado informando que aceitaria um cessar-fogo, sem dar detalhes sobre como a medida seria  executada.

O anúncio foi feito pouco tempo depois de Israel determinar a saída de 100 mil palestinos do leste de Rafah, dada a iminência de um ataque por terra.

Apesar disso, neste sábado 11, Israel bombardeou a cidade de Rafah. O ataque vem sendo repudiado por organizações como a União Europeia (UE).

*Com informações da AFP

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar